Equipe da Unesp Sorocaba se destaca em eventos de inovação

Grupo de pesquisa é coordenado por docente Leonardo Fraceto e formado por pós-doutorandos. As universidades possuem papel de destaque no desenvolvimento científico e tecnológico do país, contribuindo para geração de ganhos econômicos, sociais e também ambientais. Desta forma, um dos principais desafios da atualidade é garantir que a ciência produzida nas universidades chegue às empresas e, por consequência, à sociedade. Foi neste cenário de aproximação entre a academia e o setor privado que uma equipe de pesquisadores do Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT), do câmpus de Sorocaba da Unesp, formou um time para participar de eventos na temática de empreendedorismo e inovação.

Full publication:
https://www2.unesp.br/portal#!/noticia/35426/equipe-da-unesp-sorocaba-se-destaca-em-eventos-de-inovacao/

Teses de doutorado da Unesp são premiadas pela excelência

Segunda edição do Prêmio Unesp de Teses é realizada na abertura do Conselho Universitário. O destaque do Prêmio Unesp de Teses 2019 foi o trabalho escrito Jhones Luiz de Oliveira, cujo título é Desenvolvimento de sistemas de liberação modificada a base de zeína e quitosana para repelentes botânicos visando o controle de mosca-branca (Bemisia tabaci) em diferentes culturas.
A pesquisa orientada pelo professor Leonardo Fernandes Fraceto, do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais, do Instituto de Ciência e Tecnologia da Unesp (ICT), câmpus Sorocaba, dentro do tema Desenvolvimento Sustentável, ganhou o Grande Prêmio Unesp de Teses, o de melhor entre as melhores teses, e também o de melhor vídeo de divulgação científica na avaliação de estudantes do ensino médio.

Full publication: https://www2.unesp.br/portal#!/noticia/35390/teses-de-doutorado-da-unesp-sao-premiadas-pela-excelencia/

Nanotecnologia reduz em 10 vezes uso de herbicida para controle de erva daninha do milho

Pesquisadores da UEL conseguiram bons resultados no controle de plantas daninhas em experimentos em casa de vegetação, reduzindo em 10 vezes a quantidade aplicada do herbicida atrazina, sem comprometer a sua eficiência. Os estudos fazem parte de amplo projeto financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), reunindo vários programas e frentes. Na UEL, a pesquisa envolve pelo menos três Laboratórios das áreas das Ciências Biológicas e Agrárias, utilizando a nanotecnologia na aplicação da atrazina para controle de plantas daninhas em lavouras de milho.

Full publication: http://www.uel.br/com/agenciaueldenoticias/index.php?arq=ARQ_not&id=29183#.XX_ZmXeOcAV.whatsapp

Pesquisa indica que não há dose segura de agrotóxico

RIO – Uma análise de dez agrotóxicos de largo uso no País revela que os pesticidas são extremamente tóxicos ao meio ambiente e à vida em qualquer concentração – mesmo quando utilizados em dosagens equivalentes a até um trigésimo do recomendado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Encomendado pelo Ministério da Saúde e realizado pelo Instituto Butantã, o estudo comprova que não existe dose mínima totalmente não letal para os defensivos usados na agricultura brasileira.

Full publication: https://sustentabilidade.estadao.com.br/noticias/geral,pesquisa-indica-que-nao-ha-dose-segura-de-agrotoxico,70002953956

A próxima revolução do verde já está acontecendo

Um campo relacionado ao da biotecnologia é o do processo usado para dispensar os produtos no solo. Nessa seara, o químico Leonardo Fernandes Fraceto pensa em termos ainda mais minúsculos que a Indigo. Ele lidera o Grupo de Nanotecnologia Ambiental do Instituto de Ciência e Tecnologia da Unesp, em Sorocaba. Mais do que lidar com bactérias e fungos, a atenção dele está voltada para as moléculas.

Full publication: https://exame.abril.com.br/revista-exame/a-proxima-revolucao-verde/

Grupo de nanotecnologia na Unesp busca insumos mais eficientes

O Grupo de Nanotecnologia Ambiental do Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Sorocaba vem avançando em pesquisas para ampliar a eficácia de insumos agrícolas e reduzir o volume de agrotóxicos usados na agricultura. …

Full publication: https://www.valor.com.br/agro/6240573/grupo-de-nanotecnologia-na-unesp-busca-insumos-mais-eficientes

Com nanotecnologia, cientistas diminuem uso de agrotóxicos nas lavouras

Por meio do uso da nanotecnologia, um grupo de pesquisa do Instituto de Ciência e Tecnologia de Sorocaba, da Unesp, está desenvolvendo novas técnicas de aplicação de produtos agrotóxicos e inseticidas. Liderados pelo químico Leonardo Fernandes Fraceto, os pesquisadores pretendem aumentar a eficiência do controle de pragas no campo e minimizar as quantidades de produtos químicos aplicados em lavouras. Assim, os efeitos negativos desses produtos à natureza e à saúde do consumidor e do trabalhador rural seriam diminuídos. …

Full publication: https://veja.abril.com.br/ciencia/com-nanotecnologia-cientistas-diminuem-uso-de-agrotoxicos-nas-lavouras/

Nanotecnologia pode reduzir uso de agroquímicos

Um grupo formado por oito instituições académicas está a investigar a utilização da micro e da nanotecnologia em produtos de proteção de plantas para reduzir o uso de agroquímicos convencionais. O estudo avalia as potencialidades desses sistemas no controle de pragas em agricultura a partir da avaliação da atividade biológica dos alvos, dos destinos e ainda o potencial de toxicidade para o meio ambiente e seres humanos…

Full publication: https://www.vidarural.pt/destaques/nanotecnologia-pode-reduzir-uso-de-agroquimicos/

Controle biológico aliado a novas tecnologias: Uma alternativa sustentável

A expansão da atividade agrícola para atender a crescente demanda por commodities e alimentos tem nos fatores abióticos e bióticos os principais entraves ao seu desenvolvimento, e mesmo com os avanços tecnológicos das últimas décadas, os danos causados por pragas e doenças continuam a ser uma das principais preocupações na luta pela segurança alimentar…

Full publication: https://www.jornalcruzeiro.com.br/opiniao/artigos/controle-biologico-aliado-a-novas-tecnologias-uma-alternativa-sustentavel/

Grupo analisa nanotecnologia para reduzir agrotóxicos

Um grupo de pesquisadores de 7 instituições nacionais e uma internacional, coordenado pelo professor Leonardo Fraceto, do Instituto de Ciência e Tecnologia de Sorocaba, SP (ICTS, Unesp), aprovou o projeto Agricultura, micro/nanotecnologia e ambiente: da avaliação dos mecanismos de ação a estudos de transporte e toxicidade junto à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp)…

Full publication: https://www.plurale.com.br/site/noticias-detalhes.php?cod=16632&codSecao=2

Grupo analisa nanotecnologia para reduzir agrotóxicos – EMBRAPA

Um grupo de pesquisadores de sete instituições nacionais e uma internacional, coordenado pelo professor Leonardo Fraceto, do Instituto de Ciência e Tecnologia de Sorocaba da Universidade Estadual Paulista (ICTS-Unesp), aprovou o projeto Agricultura, micro/nanotecnologia e ambiente: da avaliação dos mecanismos de ação a estudos de transporte e toxicidade junto à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). O objetivo é avaliar as potencialidades de sistemas micro/nanoestruturados para controle de pragas em agricultura a partir da abordagem de avaliação de atividade biológica em organismos alvos, bem como dos destinos e potencial de toxicidade desses sistemas para o ambiente…

Full publication: https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/41021486/grupo-analisa-nanotecnologia-para-reduzir-agrotoxicos

SP: grupo analisa nanotecnologia para reduzir agrotóxicos, diz Embrapa

Um grupo de pesquisadores de sete instituições nacionais e uma internacional, coordenado pelo professor Leonardo Fraceto, do Instituto de Ciência e Tecnologia de Sorocaba da Universidade Estadual Paulista (Icts-Unesp), aprovou o projeto Agricultura, micro/nanotecnologia e ambiente: da avaliação dos mecanismos de ação a estudos de transporte e toxicidade junto à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp)…

Full publication: http://www.paginarural.com.br/noticia/264808/grupo-analisa-nanotecnologia-para-reduzir-agrotoxicos-diz-embrapa

Grupo analisa nanotecnologia para reduzir agrotóxicos

Um grupo de pesquisadores de 7 instituições nacionais e uma internacional, coordenado pelo professor Leonardo Fraceto, do Instituto de Ciência e Tecnologia de Sorocaba, SP (ICTS, Unesp), aprovou o projeto Agricultura, micro/nanotecnologia e ambiente: da avaliação dos mecanismos de ação a estudos de transporte e toxicidade junto à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp)…

Full publication: https://maissoja.com.br/grupo-analisa-nanotecnologia-para-reduzir-agrotoxicos/

Ciência pela agricultura e pelo ambiente – UNESPCIÊNCIA

O aumento da produção agrícola brasileira visando atender não somente à crescente demanda global por alimentos, mas também à exportação de grãos e seus subprodutos, tem gerado impacto ao ambiente. Essa expansão está atrelada ao uso intenso de insumos visando diminuir as perdas causadas por fatores bióticos (que possuem relação com seres vivos – fauna e flora) e abióticos (que estão relacionados com influências recebidas por eles, como luz, temperatura, etc.) durante o processo produtivo. Os agrotóxicos, embora de grande importância no controle de pragas …

Full publication: http://unespciencia.com.br/2018/11/01/nanotecnologia-102/